COMO GERIR AS FINANÇAS EM TEMPOS DE CORONAVIRUS

Como anda seu(s) negócio(os) nessa crise? Está ruim pra todos, não é mesmo? Diante desse novo cenário que estamos vivendo, as empresas em geral e pequenos empreendedores, autônomos, necessitam, mais do que nunca se reinventar, recriar. 
É tempo de recriar, inovar. Nessas circunstâncias, diante desse clima de coronavírus, não existem palavras mais adequadas do que esta que a crise nos foçou a aceitar: "reinventar", "inovar". Não é ficar parado se lastimando da crise e achando que somente seus negócios foram afetados duramente. 

Lembre-se que você, seus negócios, fornecedores, colaboradores e clientes, estão na mesma situação. A crise  do coronavírus não escolheu os mais sortudos, não identificou os que podiam ou não suportar as dificuldades que viriam em seguida. Todos foram afetados.

Imagem de Gerd Altmann por Pixabay 

Pensando nessa situação pandêmica, é muito salutar que analisemos algumas dicas para tentar minimizar o impacto em cada segmento. 

Lembre-se que você, seus negócios, fornecedores, colaboradores e clientes, estão na mesma situação. A crise  do coronavírus, não escolheu os mais sortudos, não identificou os que podiam ou não suportar as dificuldades que viriam em seguida. Todos foram afetados.

barraca de autoisolamento

É importante falar sobre a questão do gerenciamento de finanças, do controle de caixa. Caso contrário, em pouco tempo, seu negócio não subsistirá.

Identifique o seu fluxo financeiro, como é que está o gerenciamento do seu caixa, o que você tem de receita prevista e receita realizada. O que é que você tem de despesas previstas e despesas realizadas.

moedas e canetas

A prioridade agora são suas despesas. Classifique-as para que você tenha como negociar com seus fornecedores, se for o caso, esticando alguns prazos, pois nesse momento, todos estão se programando para refinanciar suas dívidas com seus fornecedores.

Lembre-se que seu cliente não está mais na sua loja física. Ele vai estar agora online, na internet, buscando dar prosseguimento a sua vida, diante de um dispositivo que dê acesso a sua loja e outras. Então, se programe para atendê-los.

Então, diante dessa nova realidade, o que você precisa fazer para manter seu negócio, sem absorver maiores impactos, é alcançar seus clientes onde eles estão nessa crise do coronavírus: ambiente virtual, a internet.

pessoa usando celular

Existem plataformas que já usam esse sistema online e fazem sucesso, de acordo com seu nicho de negócio. Por exemplo, o sistema de Delivery tem adquirido muito espaço virtual, ainda que para eles, essa crise só vai aumentar a demanda.

Claro que cada segmento tem seu objetivo e que cada um deles precisa se reinventar, para conseguir se manter em pé nesse cenário que já é uma guerra em si. Nada continuará como antes. Reveja seus pontos estratégicos e coloque-os em prática, de acordo com esse novo cenário.

Lembre-se que a questão de lucros vai ter um impacto, independente do seu nicho, mas é aí onde você vai parar para analisar: melhor vender pouco, do que não vender nada, concorda?

Imagem de Joel santana Joelfotos por Pixabay

Então, não espere estourar a boca do balão com lucros exorbitantes. A empresa mais conhecida do mercado online  que mais lucrou com o momento, criando oportunidades, com esse isolamento social, foi a Amazon. Claro que cada segmento tem suas estratégias. 

A crise do Coronavírus, exige cautela e bom senso nos negócios. Crie oportunidades, nesse clima de isolamento social, onde hoje o único refúgio para as empresas, estão dentro do ambiente virtual, pois é lá onde vai estar seu cliente, dentro de seu lar, recluso.

pessoa digitando

As academias de ginastica estão inovando sabe como? Gravando vídeo-aulas para que as pessoas façam seus exercícios, em sua casa, sem equipamentos ou não e assim não percam seus treinos.

Outra coisa muito importante, você precisa classificar suas despesas, identificando-as, tais como aluguéis, fornecedores, colaboradores, etc.


Negocie férias com seus colaboradores, negociar folgas, em alguns casos, faça contato com seus fornecedores, diminua suas compras, verifique seu estoque de mercadorias, se for o caso.

Enfim, tenha o controle, na palma de suas mãos as finanças do seu negócio, porque a empresa pode ou não diminuir a venda, porque você não vai ter as mesmas receitas, o mesmo fluxo de caixa. Então, se reinvente, inove.
________________________________
Compartilhe nas suas redes sociais:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Postagens Mais Lidas

Total de visualizações de página

FORNECEDORES DE SUCESSO