Mostrando postagens com marcador SAZONALIDADE NEGATIVA. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador SAZONALIDADE NEGATIVA. Mostrar todas as postagens

SAZONALIDADE NEGATIVA, O QUE FAZER?

Sazonalidade negativa, o que fazer? É impossível não acontecer no mundo dos negócios. Chega aquele momento em que o movimento está em alta, podendo ser chamado de período positivo, ou quando o movimento cai bastante por diversos motivos, o que chamamos de período negativo.

Restaurante na sazonalidade

Foto de Paul Grifin no Unsplash

Quando se fala em mundo de negócios, sazonalidade é aquele momento em que fatos externos ocorrem, alterando resultados de um determinado nicho de mercado.

Todo empreendedor que se preze, saberá o momento em que precisa tomar decisões para o bom andamento de sua empresa, seja ela que porte for.

Isso é o que define um empreendedor: pessoa com características de inovador, administrador, que sabe onde atuar nas oportunidades que surgem e transformá-las num bom negócio.

produtos na sazonalidade
Imagem licenciavel do Google

No mundo dos negócios, a concorrência é um desafio para todos e somente aqueles que tenham ideias inovadoras, que apresentem valores diferenciais, além daqueles do mercado tradicional, poderão sair na frente. E isso diz respeito a todos os momentos, inclusive na sazonalidade.

Existem setores do mercado que por conta da sazonalidade, precisaram, urgentemente implantar novas ideias e que essas ideias sejam diferenciadas dos concorrentes, para conseguir manter sua clientela. Exemplo, a área de turismo.

Como estamos falando do setor do turismo, veja o exemplo da rede hoteleira e os pacotes turísticos das agências de viagens. Eles seguem o que chamamos de alta estação e baixa estação. Sendo assim, precisam seguir um cronograma que contemplem esse período.

folder de viagens
Imagem licenciável da Google

Já conferiu o preço de um pacote turístico na alta estação e na baixa estação? Você vai ficar boquiaberto pela diferença que tem o tarifário dos pacotes.

Por essa e outras razões, muitos procuram comprar pacotes de viagens ou se hospedarem na baixa estação, considerando que os valores praticados nesse período são mais em conta e não pesam no bolso.

A sazonalidade mexe com todos os setores. Todavia, se faz necessário tomadas de decisões. Como diz um velho ditado popular: “quem está na chuva é para se molhar”. Outros já enxergam essa frase não como um esconderijo, mas como uma oportunidade.

Assim, essa frase soa de uma forma diferente para os especialistas dos negócios e administração: “quem está na chuva é para usar guarda-chuva”. Então, o empreendedor não tem essa de tempo ruim.

Durante o ano existem muitas oportunidades nos períodos sendo sazonais ou não. Datas festivas existirão sempre. E é aí que o espírito inovador de empreendedor entra em ação, usando sua criatividade, dentro de seu nicho de mercado, combinando com as festividades em pauta, pronto! Negócio funcionando a todo vapor.

Evidentemente, existem aquelas épocas em que só acontecem naquele período e só. Essas épocas são as festividades anuais, tais como: Ano Novo, Carnaval, Páscoa, Dia das Mães, São João, Dia dos Pais, Dia das Crianças e Natal.

Além disso, existem aquelas festividades que são tipicamente regionais. Mas a ideia é a mesma: use a criatividade nesses períodos sazonais.

Tomemos como exemplo o nicho de mercado de flores e acessórios, arranjos. É um nicho de mercado cujo negócio está sempre em alta, pois não atende somente em períodos sazonais. Comemorações, funerais. Principalmente flores para atender aos serviços funerais.

Por outro lado, quem lida com nicho de mercado de sorveteria, terá certas dificuldades quando o inverno chegar. É aí onde a criatividade do empreendedor precisa ser aguçada, a fim de atender a clientela, oferecendo outros produtos que sejam compatíveis com a sazonalidade. É preciso diversificar.

O QUE FAZER NA SAZONALIDADE NEGATIVA?

Existe outro adágio popular que diz que geralmente “só se fecha a porta depois de roubado”. Então é preciso algumas medidas para quando a sazonalidade negativa chegar:

1.  Diversifique seus produtos ou serviços. Veja o exemplo da sorveteria em época de inverno. O ideal é oferecer outras formas de atrair clientes, tais como a diversificação de produtos: chocolate quente, café e outros produtos que sejam compatíveis com o clima.

2.  Faça um planejamento. Afinal, você já sabe o que vem pela frente. Um bom planejamento do que vai realizar para atender a clientela nesse período é fundamental.

3.  Promova ações. Faça promoções de um produto ou serviços. Apresente algo que atraia as pessoas para seu negócio nessa sazonalidade.

E aí, gostou desse artigo? Comente, dê sua sugestão, compartilhe.

_________________

Editor do blog

 

Compartilhe nas suas redes sociais:

Postagens Mais Lidas

FORNECEDORES DE SUCESSO


 

Total de visualizações de página

Publicidade