Mostrando postagens com marcador EMPREENDEDORISMO. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador EMPREENDEDORISMO. Mostrar todas as postagens

EMPREENDEDORES NOVATOS, NAO COMETAM ESSES ERROS

 É inegável que o momento pelo qual estamos passando com essa crise da pandemia, deixou muitos brasileiros desempregados, além, de muitas empresas fechando as portas, causando uma onda de desempregados no Brasil. 

Mas essa crise também trouxe outro lado da moeda: o crescimento de empreendedores. Muitas pessoas, viram no empreendedorismo a rota de saída para superar a crise.

Para se ter uma ideia, no Brasil o número de novos microempreendedores individuais (MEI), cresceu na ordem de 10 milhões, mesmo nessa crise sanitária da pandemia, segundo estatísticas.

Mesmo com toda essa onda de desemprego no Brasil, os novos microempreendedores individuais entenderam que o caminho para ter seu próprio negócio é mesmo se lançar no empreendedorismo. 

Imagem de Lukas Bieri por Pixabay 

Mas para se lançar nesse mundo do empreendedorismo, é necessário que os novatos nesse ramo, estejam bem alinhados com algumas coisas que são fundamentais para começar.

Caso contrário, seu projeto pode vir por agua abaixo. Afinal, empreender, não é fácil, como muitos equivocadamente imaginam. Mas compensa, quando bem estruturado. 

Quais erros podem ser cometidos por novatos, no empreendedorismo?

1. Sem Planejamento

Imagem de Pexels por Pixabay 

Imaginar ter um negócio próprio sem fazer um planejamento adequado é dar um tiro no pé. Não se deve prosseguir num projeto, qualquer que seja, sem antes realizar um bom planejamento, quanto vai custar seu projeto, a curto e longo prazo. Isso vai dar um suporte melhor aos seus intentos empreendedor.

Isso também pode lhe interessar:

COMO MONTAR UM PLANO DE NEGÓCIO

2. Sem investimento na divulgação

É impossível você conseguir clientes, seguidores, sem investimento algum. Como você quer ser encontrado se não investe para isso?  

Lembre-se que seu negócio precisa ser encontrado. E sinceramente, não pense somente nas redes sociais para ser reconhecido. Faça um bom marketing e divulgue sua empresa.

3. Empresa clandestina


Muitos acreditam que podem funcionar omitindo informações sobre seu negócio. Isso não é nada bom. Um dia a situação pode piorar, caso não esteja regularizado. Faça o cadastro de sua empresa nos órgãos competentes, para evitar constrangimentos, por ocasião de uma fiscalização repentina. 

Logo do Sebrae
Imagem Licenciável do Google

O Sebrae, o Portal do Empreendedor são órgãos devidamente qualificados para dar toda informação necessária como abrir um negócio como MEI (Microempreendedor Individual). 

Logo portal do empreendedor

5. Não se atualizar 

Muitos novatos ignoram esse princípio da atualização. As coisas mudam constantemente e se você não se atualiza, a tendência é ficar para trás. Procure se informar tudo que for preciso no seu nicho de mercado para acompanhar a evolução das novas tendências.

DROPSHIPPING

Assim sendo, faça cursos, assista palestras remotas. Procure ler mais sobre administração de negócios, planejamento financeiro. O portal do Sebrae tem ótimos cursos sobre finanças, gestão e outras áreas dentro de sua área de atuação

_______________

Editor do blog

Compartilhe nas suas redes sociais:

COMO SABER SE TENHO PERFIL DE EMPREENDEDOR

Muitas pessoas se perguntam como saber se tenho perfil de empreendedor? As respostas podem estar bem ao seu alcance de seu entendimento. E para isso, basta você analisar alguns pontos básicos, antes de entrar a fundo em qualquer projeto de negócio próprio. Então, como vou saber se tenho perfil para empreender?



É fácil para você perceber se possui perfil empreendedor ou não. Os empreendedores possuem certas características tais como aquelas pessoas que buscam resultados, gostam de desafios, têm iniciativa e almejam o sucesso.

É comum que eles usem seus fracassos como aprendizado, como uma espécie de mola propulsora para se aperfeiçoar. Onde os outros veem barreiras, eles veem oportunidades.

Conseguiu se reconhecer nestas características? Quem tem o perfil empreendedor logo se identifica com essas características, mas o que parece natural para os empreendedores pode ser extremamente desgastante para quem tem outro perfil.



É preciso deixar bem claro que, quem se torna patrão, geralmente acaba trabalhando mais. Engana se quem pensa que o empresário só faz o que quer, porque não tem ninguém a obedecer. Quando você abre um negócio, saiba que seu patrão é o mais exigente de todos: o próprio cliente.

Além disso quem inicia um empreendimento, tem que saber lidar com gente. Ninguém se sustenta no mercado tendo apenas um bom produto.  Para muitos, a felicidade não vem do dinheiro e do poder, que são supervalorizados em nossa sociedade, mas sim das opções que fazemos para nossa vida.

Mulher folheando revista sobre a mesa


Se sendo o próprio patrão e o seu grau de satisfação com a vida aumenta, então é porque o seu perfil é de empreendedor. Há pessoas, por exemplo, que não têm esse perfil, ela só ver vantagens no tradicional emprego com carteira assinada, pois há vantagem de previsibilidade da remuneração com direito a férias 13º e outros benefícios

Isso conta muito para as pessoas que não suportam a ideia de enfrentar a variação dos ganhos de um negócio. Portanto basta refletir um pouco e você saberá se tem perfil de empreendedor.  Se você já tiver descoberto que este é o seu caso, então invista no desenvolvimento das suas características empreendedoras.

Muitos dos empreendedores brasileiros se encontraram dentro do negócio, após terem sido demitido e nesse desemprego buscaram novas formas de viver e aí entra o empreendedorismo.

SER EMPREENDEDOR É PARA QUALQUER PESSOA?

Mas, aí vem a pergunta: Será que para se ter um negócio próprio é para qualquer pessoa? Bem, há muitos profissionais que possuem um perfil classificado como corporativo. São trabalhadores que se veem com a necessidade de contar com segurança, estrutura, líderes, normas, férias remuneradas, benefícios, entre outras vantagens próprias de uma pessoa com regime de carteira assinada para trabalhar.



Mas isso não quer dizer que essas pessoas não possam empreender. Ninguém precisa realmente nascer empreendedor para se dedicar a um negócio próprio.

Pessoas com boa capacidade de aprendizagem e de adaptação, também podem se planejar para conduzir um negócio, por meio de um processo de amadurecimento, marcado por muitos ensinamentos, obtidos a partir dos erros e acertos de pequenas experiências que podem ser feitas mesmo enquanto ainda trabalham empregados, durante seu tempo livre.

CARACTERÍSTICAS PARA SER UM EMPREENDEDOR


Quais as características que uma pessoa deve ter para ser um empreendedor e construir seu próprio negócio?

1. VISÃO DE NEGÓCIO


É fundamental que o empreendedor seja dotado de visão. Que veja o que os outros não veem, em relação ao seu negócio. Existe um monte de atividades em que você pode investir seu dinheiro, tempo e conhecimento.

homem olhando com o binoculo


Mas, o empreendedor é aquele que vê em uma dessas oportunidades, a possibilidade de fazer um novo modelo de negócio. Dizem que as oportunidades, em muitas ocasiões, surgem das crises. Bom, a crise pode ser um caminho para descobrir algo novo que você ainda não tenha enxergado ou que ninguém tenha ainda descoberto.

2. CONSIDERE OS RISCOS NO NEGÓCIO



Em todo empreendimento existe a possibilidade dos riscos e nesse sentido, o empreendedor precisa possuir as características de que sabe controlar esses momentos. Os riscos no empreendimento devem ser planejados pesquisados. É aquilo que chamamos no dito popular, tenha o plano B, C, etc.


3. PROCURE ESTABELECER PARCERIAS



Você também precisa desenvolver uma grande capacidade de estabelecer parcerias, bons relacionamentos. Afinal, é assim que você consegue manter uma rede de contatos produtiva para traçar boas parcerias e gerar um ambiente de cooperação e resultados.

4. NUNCA DESISTA



Se pensa em empreender, necessita ter uma característica de um empreendedor que persiste e não desiste nos primeiros embates do negócio. Você precisa ter ambição para definir metas audaciosas, e comprometimento com si mesmo, para realizá-las no dia a dia. Sem essa dose de paixão, você vai entrar para as estatísticas da mortalidade empresarial.


5. FAÇA UM PLANEJAMENTO PARA SEU NEGÓCIO


Sem um planejamento ninguém vai a lugar algum. Portanto é fundamental que você elabore um planejamento para que seu negócio não fique em sérias complicações, pelo fato de ter um empreendedor que não cria estratégias para seu próprio negócio.


Claro que existem outras caraterísticas, que poderiam ser somadas a estas, mas acreditamos que para iniciar, essas vão ajudar no seu novo projeto de empreendimento e sucesso.

E você conhece mais alguma característica? Compartilha conosco, deixe seus comentários.
__________________
Editor do blog*
Curta nossa página do facebook
Dicas de Empreendedorismo

Compartilhe nas suas redes sociais:

EMPREENDEDORISMO NAS MÍDIAS SOCIAIS

Hoje falamos muito sobre a evolução das mídias sociais e como elas podem alavancar qualquer tipo de negócio, mas infelizmente isso ainda é feito de forma errônea. 

Não é simplesmente criar um perfil em qualquer rede social da sua empresa, negócio ou marca, com algumas postagens motivacionais e achar que isso é o suficiente. Para empreendedorismo nas mídias sociais, é preciso entender mais algumas coisas e isso que vamos te explicar nesse conteúdo. 

Vamos lá?

EMPREENDEDORISMO NAS MÍDIAS SOCIAIS

Vamos primeiro explicar de forma rápida como a transformação digital vem trabalhando para esse desenvolvimento, hoje o empreendedorismo se vem moldando com estratégias de Marketing digital devido a mudança da forma de compra e concepção do público.



Nossos hábitos de compras mudaram devido a entrada de tecnologia de forma mais acessível para os clientes, agora qualquer pessoa possui um aparelho de celular e portanto, pode acessar suas redes sociais de forma muito fácil. E aí que entra a pergunta, como se adequar a isso e começar a empreender?

Como usar as mídias sociais?

Antes de mais nada, você deve saber bem sobre seu negócio. Empreender não é tão difícil, pense que é sobre oferta e demanda. Tendo demanda por um serviço ou produto, logicamente terá uma oferta. Pense em algo que faça sentido e que possa ser vendável e assim inicie seu projeto.

Depois que você já tem toda a estrutura do seu negócio funcionando de forma correta, aí começa o empreendedorismo nas mídias sociais, tudo começa pelo relacionamento. 

Produza um conteúdo bem estruturado, focado em sua persona que é seu público alvo, esteja onde seu público ideal está e aí comece a se relacionar com ele. 

Quais suas dúvidas? O que ele mais precisa? Criando conteúdo em cima disso, você já começa a criar um marketing de relacionamento e aí virão os comentários e os chats onde deverá sempre responder e manter a linha contínua de comunicação.

Como trabalhar cada rede?

empreendedorismo nas redes sociais

Aí vem o pulo do gato, saber onde seu cliente ideal está e qual sua rede favorita e criar conteúdo adequado para ele. Cada rede possui uma forma característica de ser usada, com mais ou menos palavras, com mais imagens, textos etc. 

E, portanto, você deve adequar seu conteúdo para ela e começar a utilizá-la e manter o relacionamento. Se cada pessoa é diferente, justamente cada rede social também será.

Conhecendo seu cliente e recebendo feedback

Para que você comece a utilizar as mídias sociais em seu negócio é importante conhecer seu cliente final e para isso, uma pesquisa de público alvo é muito útil. Saiba qual faixa etária é a que você busca ou a que mais compra de você.

Descubra quais redes sociais ele mais utiliza, quais são as dores que seu produto poderá sanar? Quais os problemas ou dúvidas ele enfrenta hoje? Sabendo disso, conseguirá criar um conteúdo assertivo que o cliente se identificará de forma automática e assim se tornar seu cliente fiel.

Não se esqueça de quem já é seu cliente, converse e colete informações e feedback sobre seu produto/serviço e atendimento, isso também servirá de conteúdo e ponto de partida para seu empreendedorismo nas mídias sociais.

Foto: empreendedorismo nas mídias sociais, como começar
Imagem de Gerd Altmann por Pixabay 

Gostou do nosso conteúdo? Aproveite e se inscreva em nossa página e receba mais conteúdo como este e não se esqueça de deixar sua opinião.
___________
Editor do blog

Compartilhe nas suas redes sociais:

EMPREENDER, COMO COMEÇAR?

O QUE É EMPREENDER ?

Empreender, como começar? Como começar a empreender do zero? Empreender, não significa necessariamente algo exclusivo ligado a negócios, finanças. Empreender tem um amplo significado, desde a ideia de construir algo novo ou aquilo que já existia, dando-se uma nova roupagem. 
Pode ser um projeto de construção, etc. Assim como significa, também, tudo que se relaciona a negócios, montar negócio próprio.

Empreender significa, também, somar valores, saber onde estão as oportunidades e assim transformá-las em um negócio que gere algo lucrativo. E é nesse aspecto que queremos tratar nesse artigo, o termo de empreendedorismo, como começar um negócio.

Aproveite e leia também esse artigo para entender melhor sobre empreendedorismo. Dicas de Empreendedorismo.

OPORTUNIDADES PARA EMPREENDER

Observe esse caso. Estava indo ao supermercado, quando cheguei vi que havia um cartaz informando que somente com o uso de máscaras é que se tinha acesso ao estabelecimento.

Havia uma fila enorme para ter acesso ao interior do supermercado, que já estava alcançando a área do estacionamento e muitos, naquele momento, já estavam usando máscaras, obedecendo às normas daquele local.


Mas o que me chamou a atenção, naquela ocasião, foi quando percebi que havia um rapaz, percorrendo as filas vendendo, máscaras. Achei aquela atitude um tanto sem sentido, uma vez que todos já estavam com suas máscaras.

Isso também pode lhe interessar:


Precisei voltar aquele estabelecimento e, de novo, lá estava o rapaz com suas máscaras, mas agora percebi que algumas pessoas estavam ao seu redor, comprando o seu produto.

Bom, tem uma frase muito conhecida e muito contestada, que diz a ocasião faz o ladrão. Em se tratando de empreendedorismo, podemos fazer uma analogia dessa frase, quando entendemos que as oportunidades surgem e são nessas ocasiões que podem surgir as ideias de negócios. É só ter a vontade de empreender.


Então, não existe uma fórmula temporal para se começar um empreendimento, quando se fala de oportunidades de negócios. Uma ideia de negócios pode surgir numa esquina, ideias para empreender em casa, numa loja, deitado numa cama, numa academia, caminhando, etc. É como se diz, quero empreender e agora.

Grandes empresas hoje existem porque um dia alguém teve a ideia, colocou no papel (quando pôde fazer) e deu início ao seu projeto empreendedor.

É bom dizer que empreender não precisa de diploma, de faculdades, de fortunas. Muitos empreendedores de sucesso, começaram sem nunca terem ido a uma faculdade e em muitos casos, sem muito dinheiro.

Não estamos fazendo apologia contra a educação ela é importante. Somente queremos ressaltar os empreendedores anônimos, que estão nos bastidores desse mercado e que muitos nem são reconhecidos.

Convém dizer que numa feira livre, numa loja simples na rua, existe ali um empreendedor individual, existem ali empreendedores que lutam para manterem seus negócios que um dia começaram com muita luta.

Foto de barraca de frutas na feira

Observem no que estamos dizendo, que não tem um tempo definido para começar a empreender. Com a crise da pandemia, por exemplo, muitas pessoas começaram a repensar seus hábitos, suas habilidades, ao verem seus empregos ameaçados. Logo, surgiram as necessidades de se reinventarem para se adaptar à uma nova realidade.

Quem já tinha seus projetos em andamento, teve que repensar uma nova forma de alcançar seus clientes. Quem não tinha nada como projeto, começou a pensar formas de se inserir na vida econômica, buscando oportunidades para sair do sufoco da crise.

E, diga-se de passagem, nessa crise, muitos descobriram habilidades das quais nunca tinham pensado. É nesse sentido que, fazendo a analogia, as oportunidades fazem o empreendedor.

POR ONDE COMEÇAR?

Dizem que a crise da pandemia, despertou em muitos algo que estava escondido a tanto tempo e que nunca tiveram a oportunidade de se revelar. Existem muitas ideias de empreendedorismo



Então, se você tem habilidades com culinárias, empreenda. Se sabe falar e traduzir um idioma fluentemente, ofereça seus serviços na internet. Se você tem habilidades com consertos de rede elétrica, encanação e outras atividades afins, siga em frente. 

A ocasião está para todos. Aproveite faça cursos online gratuitos na área que você tem habilidades ou aprenda outras atividades. É só começar.
___________
Editor do blog
Compartilhe nas suas redes sociais:

TRES ERROS FATAIS DOS EMPREENDEDORES

O grande objetivo desse vídeo é mostrar os principais erros cometidos por quem decide entrar no mundo do empreendedorismo e mostrar como evitar cometê-los. Afinal, é muito mais barato aprender com o erro dos outros. O primeiro erro é muito cometido por aqueles que estão começando. Acontece que muitos empreendedores costumam tentar fazer o seu negócio acontecer do jeito deles e não percebem que já existe um jeito consolidado para fazer isso. Tentar fazer as coisas do próprio jeito pode acabar causando sérias consequências para uma empresa. Por isso, é muito importante que, ao invés de buscar por uma dica, buscar conhecimento.

Nesse vídeo, Bruno de Oliveira fala sobre os 3 erros MORTAIS de quem decide empreender.

Para resolver esse problema, contratar um estagiário ou um outro colaborador é uma ótima saída para romper essa barreira.
E essa é a principal causa para o segundo grande erro de quem decide empreender: só buscar ajuda depois de não ter conseguido atingir resultados. Muitos empreendedores não entendem que vai custar muito mais caro tentar por conta própria. Acabam caindo no erro de achar que conseguem fazer sozinhos, quando, na verdade, ainda precisam do direcionamento de quem já passou por isso. Um outro grande erro que ocorre, principalmente em negócios que não conseguem evoluir, é não saber delegar funções.
Passar o dia nas tarefas operacionais de um negócio causa estagnação porque não tem ninguém fazendo a empresa crescer.
Esses foram os 3 erros mortais de quem decide empreender. Tendo noção deles, fica muito mais fácil de não cometê-los.
Compartilhe nas suas redes sociais:

2019 ANO DO EMPREENDEDORISMO


Foto: Shutterstock / DINO
O ano de 2019 é considerado como o ano do empreendedorismo por muitos especialistas na área de negócios e administração. 


Leia este post e veja quais áreas estão mais em evidencias no ramo de empreendedorismo.

O ano de 2018 pode não ter sido muito bom para os pequenos negócios, mas as apostas são que este ano esse cenário seja bem mais positivo.

Segundo pesquisa "Expectativa para a economia e para a empresa", realizada pelo Sebrae, 30% dos micro e pequenos empresários sentiram que a corrupção prejudicou suas empresas no último ano.

Muitos dos entrevistados (46%) até apontaram que 2018 foi o pior ano para os negócios. Mas as apostas são altas; 67% dos empreendedores estão bem otimistas, e acreditam que 2019 será melhor.
Com isso, o desejo de fazer uma mudança na rotina e conquistar a tão sonhada independência financeira faz com que muitas pessoas apostem no empreendedorismo.

Porém, o desejo de abrir uma empresa também vem acompanhado, muitas vezes, de incertezas na hora de decidir qual negócio montar.

Existem diversas opções para quem enxerga esse cenário empreendedor neste ano. Algumas opções de negócios surgiram e se mostram como tendências a crescer ainda mais. A empresa Abertura Simples listou algumas das atividades que prometem balançar o mercado para aqueles que buscam lucrar em 2019.

Tendências de negócios para 2019

A vida saudável continua em alta neste ano, e por isso o empreendedor pode ficar de olho em alimentos e serviços ligados a esse estilo de vida voltado à saúde e bem-estar.

Nos últimos dois anos, esse setor movimentou cerca de 300 bilhões de reais (dados do SEBRAE). São muitas as ofertas já existentes no mercado, por isso é importante encontrar alguma aposta para conseguir se diferenciar.

Algumas das opções para quem deseja apostar nesse setor são os alimentos, as academias, acessórios fitness e até mesmo consultorias para uma vida mais saudável.

Outro setor que cresce cada vez mais, e que não poderia ser diferente, é o de alimentos e bebidas. Quando falamos em alimentação, alguns ramos que 2019 promete sucesso são os alimentos orgânicos, a culinária vegetariana/vegana e também as cervejarias artesanais.

Os clássicos também não ficam para trás, logo os bares, restaurantes, lanchonetes e outros negócios associados também prometem bons lucros para quem quer empreender este ano.

Os pets estão fazendo cada vez mais parte da vida social das pessoas, e é bom o empreendedor enxergar isso como uma oportunidade e também tendência para 2019 e os próximos anos que estão por vir. Os serviços de adestramento, venda de produtos para pets, áreas de lazer e outros serviços serão ainda mais fortes.

A sustentabilidade nunca esteve tanto em pauta como atualmente. As mudanças climáticas mudaram também o comportamento do consumidor, e as pessoas estão menos interessadas em adquirir produtos descontroladamente.

Pelo contrário, cada vez mais as pessoas estão optando pelo compartilhamento de produtos e serviços. Isso se mostra de diversas formas, e muitas empresas estão surgindo com esse novo modelo econômico, como a Uber e 99 (transporte compartilhado), o Airbnb (estadia compartilhada) e também os escritórios compartilhados, chamados coworkings.

O setor tecnológico foi um dos menos afetados pela crise, e com maior potencial de lucro para 2019. As altas são o desenvolvimento de softwares, criação de aplicativos, soluções de gestão e também as startups - empresas de inovação tecnológica com crescimento acelerado.

O marketing digital também segue em alta e o empreendedor não pode perder a oportunidade de explorar a internet para divulgar seu negócio.

Para o empreendedor que deseja ter sucesso em 2019, é essencial ter uma presença forte nas redes sociais, assim como um bom planejamento de marketing digital. É necessário explorar formas de se destacar no ambiente virtual, visto que a maioria das empresas já estão investindo a tempos.
Compartilhe nas suas redes sociais:

SANTANDER FOCA NO EMPREENDEDORISMO

Santander foca no empreendedor e pessoa física

Banco, que teve lucro de R$ 12 bilhões em 2018, espera crescimento nas linhas de crédito para pessoa física, microempreendedores e pequenas empresas

Para o Santander, o segredo para o crescimento é o pequeno empreendedor e a pessoa física. O banco, que anunciou lucro líquido de 12,4 bilhões de reais em 2018, prevê crescimento nas linhas de crédito voltadas a esse público, enquanto a demanda de grandes empresas por empréstimos deve demorar a se recuperar.
Para a pessoa jurídica, o foco é ampliar o acesso a capital de giro para pequenas e médias empresas. O lançamento de uma linha de crédito para revendedoras da Natura, que deve ser detalhado em fevereiro, é a iniciativa mais recente do banco para se aproximar de um público ainda pouco atendido, pessoas físicas e microempreendedores, que têm pouco acesso a capital de giro.
Ainda de olho no microempreendedor, o Santander passou a vender sua maquininha Getnet para pessoas físicas em agosto.
Já no segmento de pessoa física, o banco espera crescimento nas linhas de crédito imobiliário e na área de cartões para os próximos trimestres. 
O Santander firmou uma parceria com a construtora MRV para linhas de financiamento de imóveis ainda na planta. Busca também melhorar os benefícios de seu cartão de crédito. 
“A concorrência mostrou que isso é importante para o consumidor, mas não precisa ser uma fintech para ter boas opções em cartão”, afirma Sérgio Rial, presidente do Santander.
Fonte: Exame
Compartilhe nas suas redes sociais:

Postagens Mais Lidas

FORNECEDORES DE SUCESSO


 

Total de visualizações de página

Publicidade